Tratamento com Tegretol e Trileptal

Pergunta:

Olá, boa noite, tenho 23 anos e já usei Trileptal, por causa de Disritmia, por dois anos.

Fiquei um bom tempo sem medicamento, mas tenho uma personalidade muito forte, me irrito muito e fico me sentindo angustiada e com raiva.

Comecei a tomar Carbolitium 300 mg e Escitalopram 15 mg, mas engordei 10 quilos em 6 meses.

Troquei por Wellbutrin 300 XL, mas estou com medo do resultado.

O Wellbutrin é um ótimo medicamento, mas muito caro.

Mais uma coisinha, sofro de enxaquecas com vômitos e dores no olho algum medicamento pode estar prejudicando? Obrigadaaaa!

Resposta:

O Trileptal é um ótimo Estabilizador de Humor, pode melhorar bem a irritabilidade e também a Enxaqueca.

Então, se você ficou bem com o Trileptal, para que tentar remédios novos?

 

Pergunta:

Gostaria de saber se 100 mg por dia de Tegretol seriam suficientes como dosagem de manutenção, em uma pessoa jovem de 18 anos que é portadora de Transtorno Bipolar e que está no momento estabilizada, fazendo uso atual de 200 mg do Tegretol uma vez por dia e Fluoxetina 30 mg/dia.

Resposta:

Para saber se essa dose é suficiente, se faz a dosagem de Carbamazepina (a substância do Tegretol) no sangue, para ver se está na faixa terapêutica.

Algumas pessoas absorvem mais, outras menos, de modo que o mesmo número de mg pode estar baixo para uma pessoa, certo para outra e alto para outra.

 

Pergunta:

Medicamentos como Tegretol (Carbamazepina) podem afetar a eficácia de anticoncepcionais orais?

Resposta:

Sim, o Tegretol pode diminuir a eficácia da pílula.

 

Pergunta:

Tenho 23 anos e sofri inúmeras decepções com as pessoas, principalmente amigos. Depois da morte da minha avó minha Depressão piorou e me vi chorando até pelos desastres que aconteciam no jornal.

De vez em quando tenho uns ataques de agressividade grito muito com as pessoas que amo muito, que são meus pais e irmãs. Faço tratamento psiquiátrico com Sulpan e meio Tegretol e tenho a impressão de não estar sendo bem medicada, ou não ver efeito, o que faço? Todo Psiquiatra acerta?

Resposta:

O remédio correto é aquele que funciona. Tegretol muitas vezes é usado para conter ataques de agressividade, as pelo jeito não está funcionando para você. Pode ser porque que não seja o adequado, mas também pode ser que esteja em dose insuficiente. É o exame de sangue para Carbamazepina que vai dizer se a dose está boa.

Nem sempre se acerta logo na primeira tentativa.

 

Pergunta:

Minha mulher toma Tegretol e Carbolitium. Se sente sonolenta, cansada e enjoada. Começou a ter uma febre que chegava a mais de 39 graus chegando a ser socorrida no hospital.

A médica de plantão passou um antitérmico esperou a febre passar e fez um Leucograma que apresentou 3200 de leucócitos.

A febre continuou de maneira intermitente na quinta feira levei novamente a um clínico e ele pediu Rx de Tórax, Exame de Urina, Hemocultura para fazer quando estivesse com febre.

Voltamos à Psiquiatra e levantei a hipótese se poderia ser o Tegretol que estaria provocando as febres ele disse que não. Pergunto a febre tem a ver com a medicação?

Resposta:

O Tegretol pode provocar alergia, parece que não foi o caso. Uma sobrecarga hepática é facilmente diagnosticada em exames de sangue simples de TGO, TGP e GGT.

Ele não provoca febre a não ser raros casos em que ele provoca diminuição tão grande de glóbulos brancos (leucócitos), que aparece uma infecção.

Mas parece que também não foi o caso (o exame dela deu 3200 leucócitos).

Provavelmente a febre (que já passou) não tinha a ver com o Tegretol mesmo. Mas tanto ele quanto o Carbolitium podem provocar náusea. Acredito que vocês fazem regularmente a dosagem de Carbamazepina (Tegretol) e de Litemia (dosagem de Lítio) no sangue.

 

Pergunta:

Gostaria de saber se o uso prolongado de Carbamazepina (Tegretol) pode me causar gastrite. Faço uso tem quase 6 anos. No caso o que eu faço, já que não posso para de o tomar?

Resposta:

Muito improvável que a gastrite seja da Carbamazepina (Tegretol). Não posso recomendar tratamento por internet. Você pode precisar desde um simples Omeprazol até um antibiótico caso tenha aquela bactéria chamada Helicobacter pilori.

 

Pergunta:

Um adolescente de 14 anos foi medicado com Risperdal durante 3 meses e continua tomando Tegretol, pois há alguns meses atrás apresentou alguns sintomas de hipomania, com ideias persecutórias.

Vamos supor que se o diagnóstico estiver incorreto, ele tendo tomado estes remédios, poderia causar algum tipo de prejuízo para o futuro com relação a sua personalidade?

Resposta:

Não existe esse perigo, desses remédios provocarem alteração na personalidade. Mas uma Psicose assim como um Transtorno Bipolar mal tratar põem provocar alterações na personalidade sim.

 

Pergunta:

Uso Tegretol numa dose de 800 mg. Quando estava no Brasil, durante o verão fiquei com o pés muito inchados.

Quando viajei para outro país em que era inverno desinchei por completo.

Agora que aqui é primavera a temperatura tem aumentado começo a inchar novamente.

O que é isto? O que está acontecendo com meu organismo?

Resposta:

Pode ser apenas queda de Pressão Arterial devido ao calor, mas seria conveniente ver um clínico para excluir problemas circulatórios ou Cardiológicos.

Resposta da leitora: obrigada pela informação. Já fui ao médico de família e vou fazer exames, além dele me dizer que estou mesmo com problemas na Pressão Arterial. Tenha um dia feliz!

 

Pergunta:

Tenho uma paciente que sofre de crises de epilepsia, agora com intervalos menores do que no início do tratamento com Neurologista.

Ela alega tomar dois Trileptal, 2 Depakene e 2 Urbanil ao dia.

Levanto como hipótese que a paciente não toma a medicação corretamente, pois caso tomasse, em meu parecer não continuaria tendo crises já que vai ao médico regularmente.

Resposta:

Se ela está ou não tomando a medicação, pode ser facilmente constatado através de exame de sangue para dosagem de Depakene (Ácido Valpróico) de Oxcarbamazepina(Trileptal).

Mas apesar desses medicamentos serem excelentes antiepilépticos, não quer dizer que sejam eficazes para todos os pacientes.