Impregnação ou Sintomas Extrapiramidais com Neurolépticos

Sintomas Extrapiramidais com Neurolépticos

Pergunta:

Olá Dr. Rubens Pitliuk, tomava Haldol há 6 anos e descobri outros antipsicóticos que o SUS fornece e que são mais modernos. Tomo Sertralina e Ziprazidona para transtorno delirante persistente e continuo com a boca entortando as vezes e vou no Pronto Socorro tomar injeção de Biperideno. Como faço pra ter uma qualidade de vida melhor tomando esses remédios e não acontecer isso direto? Obrigada.

Resposta:

Em primeiro lugar, remédio mais moderno nem sempre quer dizer remédio melhor. Pelo que entendi, você não tinha efeito colaterais extrapiramidais (impregnação) com Haldol e está tendo com Ziprazidona (Geodon).

Mas tudo bem, pois tomar o Haldol muitos anos em seguida pode provocar Discinesia Tardia, que é bem difícil de tratar.

Por outro lado, o SUS também fornece outros Neurolépticos que têm pouca probabilidade de provocarem efeitos colaterais extrapiramidais (Olanzapina, Quetiapina, Aripiprazol).

Em termos de medicação comprada em farmácia, talvez você não tenha esses efeitos colaterais com Socian, Stelazine, Equilid.

Concluindo: já que você precisa de medicação neuroléptica a longo prazo, existem muitas opções além de Haldol e Geodon, quem sabe vae a penar tentar outras até achar a ideal para o teu organismo.

 

Pergunta: 

Minha irmã iniciou um tratamento para alcoolismo e dependência medicamentosa (Rivotril) há dois meses, numa clínica através de internação compulsória.

Ela fez uso de Fluoxetina, Topamax, Risperidona e Quetiapina. Resolvemos tirá-la da clínica há uma semana, pois meus pais não estavam satisfeitos com o tratamento.

Ela está sem tomar a Risperidona ou Quetiapina desde então, porém continua com a marcha robótica, tremores, olhar perdido, enfim, está irreconhecível.

Esses efeitos são irreversíveis?

Resposta:

Parece ser impregnação, que é tratada com Biperideno (Cinetol e Akineton, sendo que este não existe mais) e costuma passar no mesmo dia em que se começa a tomar.

Mas como ela já suspendeu esses medicamentos, já deve estar melhorando a cada dia, pois a Risperidona está sendo eliminada do corpo dela. Isso não é irreversível e passa completamente, sem nenhuma sequela.

 

Pergunta:

Boa tarde, minha pergunta é a seguinte: minha irmã está tomando Amitriptilina, mas como está observando dificuldade em dormir toda a noite, o médico trocou por a Amitriptilina por Prometazina, pesquisando, sobre esse último, percebi que não deve ser administrado sozinho, pois pode causar enrijecimento muscular.

Antes da Amitriptilina ela tomava Risperidona, e por esse mesmo motivo (enrijecimento muscular) foi trocado. Agora está certo passar para Prometazina? Aguardo resposta, muito obrigada.

Resposta:

A chance da Prometazina provocar sintomas extrapiramidais (ou impregnação), que é esse enrijecimento muscular é muitíssimo menor que o Risperdal.

 

Pergunta:

Sinto-me e ando como um robô, isto é com os braços flexionados e extremamente ansiosa.

Tenho 43 anos. Sou Bipolar há 13 anos. Já tomei toda uma série de medicamentos, desde os mais tradicionais como Carbolitium e Priadel. Estabilizei durante 5 anos com o Tegretol. Neste momento tomo Bup 150 mg, Abilify 15 mg (Aripiprazol, Aristab), Rivotril 2 mg e Lamotrigina 200 mg. Às minhas fases são mais depressivas profundas que eufóricas. Diagnosticaram-me e agora uma Depressão residual.

Resposta:

Até pode ser que seja uma Depressão residual, mas é muito mais provável que seja uma impregnação do Abilify ou Aristab, que passa com Biperideno. Fale com seu Psiquiatra.

 

Pergunta:

Tomei Rivotril (1 mg) por quase dois meses, e de uns 15 dias para cá junto com o Arotin de 20 mg (ambos à noite). O neurologista me mandou suspender o Rivotril há 4 dias.

Desde então tenho sentido rigidez muscular, dor torácica, dores de cabeça, na mandíbula (ATM) e o mais chato, sudorese, uma frieza nos pés que perdura praticamente o dia todo e insônia (durmo pouco e ruim).

Podem ser sintomas da abstinência, inclusive esta frieza nos pés? Geralmente duram quanto tempo?

Resposta:

Rivotril não costuma provocar abstinência depois de tão pouco tempo. Por outro lado, o Arotin (raramente) pode provocar esses Efeitos Colaterais sim. 

 

Pergunta:

Eu gostaria de saber sobre a indicação de alguns medicamentos e seus efeitos colaterais: Biperideno 2 mg, Prometazina 25 mg Lamitor 100 mg em quais casos devem ser usados e principais efeitos colaterais, principalmente se engordam observação: foram indicados como indutores do sono, para Bipolaridade, etc.

Resposta:

Prometazina é um Neuroléptico ou antipsicótico, Biperideno é o Akineton, que serve para evitar os efeitos colaterais musculares do Neuroléptico e o Lamitor á a Lamotrigina, um estabilizador de humor. Essa combinação pode ser usada sim para tratamento de Bipolaridade.

Pergunta:

Eu tomo Diazepam há mais de dez anos, junto com ele Anafranil Amitriptilina, Gabapentina e Biperideno.

Na realidade eu quero saber se o Diazepam pode ser tomado há tanto tempo assim sem causar problemas, eu soube que ele além de causar problemas de memória também pode causar outros problemas. Quanto a dependência, eu tomo só o que me foi receitado pelo médico,20 mg por dia.

Resposta:

Imagino que para tomar essa variedade tão grande de remédios há tanto tempo, deve ter tido uma necessidade muito grande. Teu Psiquiatra deve ter pesado os prós e Pronto Socorro contras dessa mistura. Acho que se o Diazepam estivesse prejudicando tua memória, você já teria percebido. Se você criou dependência, isso quer dizer só que quando for a hora de parar, teu Psiquiatra irá fazer uma programação gradual.

 

Pergunta:

Meu ginecologista me passou Sertralina para diminuir os efeitos de TPM. Gostaria de saber se a Sertralina provoca efeito extrapiramidal, pois já apresentei esse sintoma ao tomar Plasil e a sensação é horrível (inquietação, ansiedade...).

Tenho medo de tomar, mas ao mesmo tempo preciso melhorar meu humor que está afetando meu convívio familiar.

Resposta:

Sim, é raro mas pode, ainda mais que você deve ser bem sensível, pois teve sintomas extrapiramidais com Plasil.