Medicamentos que provocam Impregnação, Acatisia, Sintomas Extrapiramidais

Remédio Psiquiátrico

Pergunta:

Minha filha tem 15 anos e foi diagnosticada por uma crise de Ansiedade Generalizada (TAG) e a médica passou Pondera (Paroxetina) de dia e o Zargus (Risperidona) notei quando ela toma esse à noite, ela se queixa dos músculos do corpo, inclusive o pescoço como se estivesse empurrando para frente, será que isso é efeito colateral do remédio?

Ela corre risco de continuar tomando esse remédio? Gostaria de tirar essa dúvida! Desde já agradeço! Aline!

Resposta:

O mais provável é que seja reação extrapiramidal da Risperidona e que vai passar com a retirada da mesma.

Converse com o médico dela se ela realmente precisa dois medicamentos diferentes para tratar uma crise de ansiedade.

 

Pergunta:

Tenho observado que depois do Haldol o estado de agitação ficou bastante acentuado ao ponto de não conseguir sentar-se durante todo dia.

Ontem à noite ele tomou além dos Haldol 2 comprimidos de Diazepam de 10 mg cada e mesmo assim pouco dormiu.

Estou meio desesperada, pois vejo a hora dele sair correndo de tanta ansiedade. Por favor, me oriente.

Resposta:

Essa agitação provocada pelo Haldol provavelmente é a Acatisia. Descreva esses sintomas para o Psiquiatra dele, que provavelmente receitará Fenergan, Rivotril ou Akineton ou Cinetol. A Acatisia, que é uma vontade muito grande de andar muitas vezes exige a troca do Haldol por outro Neuroléptico.

 

Pergunta:

Minha irmã iniciou um tratamento para alcoolismo e dependência medicamentosa (Rivotril) há dois meses, numa clínica através de internação compulsória. Ela fez uso de Fluoxetina, Topamax, Risperidona e Quetiapina.

Resolvemos tirá-la da clínica há uma semana, pois meus pais não estavam satisfeitos com o tratamento. Ela está sem tomar a Risperidona ou Quetiapina desde então, porém continua com a marcha robótica, tremores, olhar perdido, enfim, esta irreconhecível. Esses efeitos são irreversíveis

Resposta:

Parece ser Impregnação, um efeito colateral Extrapiramidal, que é tratada com Biperideno (Cinetol. O Akineton não existe mais) e costuma passar no mesmo dia em que se começa a tomar.

Mas como ela já suspendeu esses medicamentos, já deve estar melhorando a cada dia, pois a Risperidona está sendo eliminada do corpo dela. Isso não é irreversível e passa sem sequelas.

 

Pergunta:

Boa tarde, minha pergunta é a seguinte: minha irmã esta tomando Amitriptilina, mas como esta observando dificuldade em dormir toda a noite, o medico trocou por a Amitriptilina por Prometazina, pesquisando, sobre esse ultimo, percebi que não deve se administrado sozinho, pois pode causar enrijecimento muscular.

Antes da Amitriptilina ela tomava Risperidona, e por esse mesmo motivo (enrijecimento muscular) foi trocado.

Agora está certo passar para Prometazina? Aguardo resposta, muito obrigada.

Resposta:

A chance de a Prometazina provocar Sintomas Extrapiramidais (ou Impregnação), que é esse enrijecimento muscular é muitíssimo menor que o Risperdal.

 

Pergunta:

Tenho 43 anos e sou Bipolar há 13 anos. Já tomei toda uma série de medicamentos, desde os mais tradicionais como Carbolitium e Priadel. Estabilizei durante 5 anos com o Tegretol.

Neste momento tomo Bup 150 mg, Abilify ou Aristab 15 mg, Rivotril 2 mg e Lamotrigina 200 mg.

Sinto-me e ando como um robô, isto é com os braços flexionados e extremamente ansiosa.

As minhas fases são mais depressivas profundas que eufóricas.

Diagnosticaram agora uma Depressão residual.

Resposta:

Até pode ser que seja uma Depressão residual, mas é muito mais provável que seja uma Impregnação do Abilify ou Aristab, que passa com Biperideno. Fale com seu Psiquiatra.

 

Pergunta:

Tomei Rivotril (1 mg) há quase dois meses e de uns 15 dias para cá junto com o Arotin de 20 mg (ambos à noite).

O Neurologista me mandou suspender o Rivotril há 4 dias.

Desde então tenho sentido rigidez muscular, dor torácica, dores de cabeça, na mandíbula (ATM) e o mais chato, sudorese, uma frieza nos pés que perdura praticamente o dia todo e insônia (durmo pouco e ruim).

Podem ser sintomas da abstinência, inclusive esta frieza nos pés? Geralmente duram quanto tempo?

Resposta:

Rivotril não costuma provocar abstinência depois de tão pouco tempo, mas pode ser.

Por outro lado, o Arotin (raramente) pode provocar Impregnação.

O mais provável é que esses sintomas sejam da Ansiedade que era controlada pelo Rivotril e (ainda) não está sendo controlada pelo Arotin (Paroxetina).

 

Pergunta:

Tenho Depressão e em 2006 tentei suicídio. Um Psiquiatra receitou-me Socian e parece que foi esse remédio que causou em mim Distonia Cervical.

Mudei de profissional. Esse me indicou Cymbalta, só que hoje tenho medo de tomar qualquer medicação, porque temo piorar o processo da Distonia.

Faço aplicação da toxina botulínica e isso vem surtindo um efeito positivo. Gostaria de esclarecimento sobre o Cymbalta. Ele pode ou não piorar o processo de Distonia? Muito obrigada!

Resposta:

Socian é um Neuroléptico, portanto pode provocar efeitos colaterais musculares extrapiramidais, como essa Distonia.

O Cymbalta, assim como quase todos os Antidepressivos, tem uma chance mínima de provocar algo parecido.

 

Pergunta:

Meu ginecologista me passou Sertralina para diminuir os efeitos de TPM. Gostaria de saber se a Sertralina provoca efeito Extrapiramidal, pois já apresentei esse sintoma ao tomar Plasil e a sensação é horrível (inquietação, ansiedade...).

Tenho medo de tomar, mas ao mesmo tempo preciso melhorar meu humor que está afetando meu convívio familiar.

Resposta:

É muito raro, mas pode, ainda mais que você deve ser bem sensível, pois teve sintomas Extrapiramidais com Plasil.