Tratamento com Lexapro, Reconter, Exodus, Esc, Escitalopram, efeitos colaterais

Lexapro, Reconter, Exodus, Esc, Escitalopram

Pergunta:

Dr., estou tomando 4 gts de Reconter. Tbem tomo lítio 2 450 mg e 1 de 300 mg sofro ansiedade além de ser bipolar leve mais p/ tristeza eu nunca tinha usado esse remédio em gotas nem comp. Só atualmente estou com refluxo e o gastro falou p/ continuar estou muito ansiosa devido o deve comer me ajude penso muito em parar com o Reconter mas estava me fazendo bem antes desse problema.

Resposta:

Provavelmente o Reconter não piorou o refluxo.

 

Pergunta:

Dr. minha psiquiatra receitou- me Lexapro pela manhã, Olcadil 2 mg duas horas antes de deitar e Stilnox 12,5 mg na hora de dormir, pois não conseguia dormir de jeito nenhum.

Em jejum ainda tomo Synthroid 75 para hipotireoidismo. Minha libido e ereção que já não eram satisfatórias, zeraram de vez. Níveis de testosterona e a biodisponível estão nos níveis mínimos para um homem de 58 anos. Gostaria de sua análise. Não são muitos remédios, ao mesmo tempo? O Brintellix não seria menos prejudicial no que se refere a libido?

Resposta:

Como não conheço detalhes do seu problema, não posso afirmar se são ou não muitos remédios, mas se sua libido já estava baixa por causa do nível se testosterona, é possível que tenha baixado mais com o Lexapro.

O Brintellix não tem efeitos colaterais sexuais na dose de 10 mg, mas só teu Psiquiatra pode afirmar se ele seria um bom remédio para teu caso.

 

Pergunta:

Estou usando Escitalopram 10 mg para tratamento de Depressão há 1 mês. Estou amando, pois esse medicamento tem me ajudado muito, estou feliz! Porém ele tira bastante minha atenção, o raciocício fica muito lento, costumo esquecer as coisas com mais frequência...

Se não fosse a falta de atenção ele seria perfeito!! Gostaria de saber se esse sintoma de falta de atenção vai desaparecer com o tempo e se não desaparecer o que seria o mais certo a fazer? O que me indica?

Resposta:

Isso não deveria estar acontecendo, ainda mais com uma dose baixa assim. Talvez o Escitalopram nao seja seu remédio ideal, talvez você precise combinar com um outro antidepressivo mais ativador.

 

Pergunta:

Estou terminando a segunda caixa de Fluoxetina 20. Como ainda não tive boa reposta o médico fez a troca por Escitalopran 10. Vou sofrer novamente dos sintomas iniciais até à espera do efeito dessa medicação? (Ansiedade aguda, etc.)?

Resposta:

Você se refere à Piora Inicial que teve com Fluoxetina, certo? Provavelmente não terá com o Escitalopram, pois seu organismo já está acostumado com Antidepressivo inibidor de Receptação de Serotonina.

 

Pergunta:

Minha pergunta é a seguinte, há algum tempo eu tomei Exodus e Biomag (Sibutramina) em ambos eu tive efeitos colaterais (falta de ar, ânsia de vomito, tontura, sensação de que ia engolir a língua, pânico) meu médico disse que provavelmente sou alérgica a antidepressivos.

Agora estou fazendo acompanhamento médico por talvez ter Déficit de Atenção, que me faria tomar Ritalina, eu estou com medo de tomar e dar os mesmos efeitos dos outros remédios que eu demonstrei ser alérgica, será que isso vai ocorrer por eu ser alérgica a antidepressivo ou não?

Resposta:

Alergia de Antidepressivos é extremamente raro. O mais provável é que você tenha sentido Piora Inicial, ainda mais tomando Exodus (Lexapro) junto com Sibutramina.

Com relação a uma possível alergia à Ritalina, é mais raro ainda. Além disso, ela não provoca Piora inicial.

 

Pergunta:

Meu Pai tem oitenta e quatro anos e ele faz uso Tolterodina (Detrusitol) e Tansulosina (Secotex) pois tem Hiperplasia Benigna da Próstata (HPB) e ultimamente ele meio depressivo e ansioso e o cardiologista dele receitou Escitalopram de 10 mg, essa medição pode talvez piorar o problema da próstata, obrigado.

Resposta:

O Escitalopram (Lexapro, Reconter, Exodus, Esc) não costuma piorar a Hiperplasia Benigna da Próstata

 

Pergunta:

Estou tomando Lexapro é preciso tomar terbinafina, posso tomar os dois juntos? Um de manha outro após o almoço.

Resposta:

Segundo o programa americano Epocrates, que combina vários medicamentos, não há problema de tomar simultaneamente Lexapro e Terbinafina (um antifúngico).

 

 

 

Pergunta:

Dr. Rubens Pitliuk, estou tomando há mais de um ano o antidepressivo Exodus 15 mg. No começo melhorei bastante, agora os sintomas estão voltando.

O que devo fazer? Ir ao médico ou aumentar a dose?

Resposta:

Depende se você está tomando o Exodus (Escitalopram, Reconter, Lexapro) par Depressão ou para Ansiedade.

São situações diferentes que exigem medidas diferentes. Queremos ajudar, mas sem informações mais detalhadas não conseguimos.

 

Pergunta:

Estou em tratamento já há dois anos com Escitalopram 10mg para Depressão, Síndrome do Pânico e muita irritabilidade. Há três meses comecei com uma urticária e só tem piorado. Há um mês fui a uma dermatologista que me passou Hixizine e pediu um monte de exames, com resultados normais.

Pergunto: essa urticária pode ser alguma reação ao Escitalopram mesmo depois de dois anos de tratamento?

Resposta:

Muito improvável, a não ser que você tenha mudado de marca de Escitalopram e a nova marca tenha algum corante ou componente (não o Escitalopram) ao qual você tenha alergia.

 

Pergunta:

Olá, tenho 24 anos, tive Depressão decorrente de Transtorno do Pânico. Me tratei com Lexapro e está tudo bem. Só não em um quesito: sexo. Um balde de água ou uma jaca têm mais libido que eu.

Por favor me responda uma questão que aflige a todos nós que tomamos IRSS (Inibidores de Recaptação de Serotonina): quando pergunto para meu Psiquiatra se não dá pra associar a Bupropiona com o Lexapro para melhorar essa questão ele fala que não porque irá haver uma combinação de efeitos colaterais.

Vou ter que esperar 1 ano até que meu corpo desenvolva tolerância aos efeitos, se que isso vai ocorrer? Assim não dá!

Resposta:

Luiz, nem todos os Antidepressivos provocam esse colateral. Dos Antidepressivos Serotoninérgicos, o Lexapro (Escitalopram, Reconter, Esc, Exodus) até que é dos que menos prejudica a Libido.

Fale com seu médico. Existem medicamentos fitoterápicos que podem diminuir esse efeito colateral sexual. Muitas vezes se associa Bupropiona (Wellbutrin, Zyban, Zetron, Bup) sim.

Leia o item 8 da Página de Efeitos Colaterais de Medicamentos Psiquiátricos.

 

Pergunta:

Gostaria de saber qual dos dois medicamentos é melhor: Fluoxetina ou Escitalopram?

Fiz o tratamento com os dois mas nenhum passou de 4 meses. Ocorre que desisto do tratamento na metade com medo de ficar dependente.

Tenho medo do futuro, de doenças, fico pensando em tudo de errado antes de acontecer, não sei se é ansiedade ou Síndrome de Pânico, pois minha mente fica a milhão, constantemente.

Não sei qual medicamento tomar, ou tratamento realizar. A Fluoxetina combate a ansiedade e Pânico?

Resposta:

Fabio, Fluoxetina (Prozac, Verotina, Daforin, Eufor, etc.) e Lexapro (Escitalopram, Reconter, Esc, Exodus) são ótimos remédios, mas isso não quer dizer que são ótimos para todas as pessoas que tomam. Ambos podem combater a ansiedade e o Pânico.

Cada caso é um caso.

Não existe dependência de Antidepressivos. Leia o item 3 da Página de Efeitos Colaterais de Medicamentos Psiquiátricos.

 

Pergunta:

Acabei de enviar uma pergunta sobre aumento de peso com o uso de Antidepressivos, porém pesquisando na internet vi uma associação com o aumento da mamas e tenho observado isso, porém sem aumento de peso.

Meu tamanho de soutien era P e agora uso G. Também sempre fico muito inchada. Tem associação? Usei tanta coisa nos últimos 5 anos, devido à recorrência da Depressão que nem sei dizer qual foi ou onde começou o aumento.

Tomei Citalopram, Donaren, Serenata Cebrilin e agora estou usando o Lexapro (Escitalopram, Reconter, Esc, Exodus).

Tem relação? Posso voltar ao meu peso normal mesmo tendo que usar Antidepressivos o resto da minha vida?

Resposta:

O aumento das mamas pode ser por causado pelo aumento de Prolactina que alguns remédios causam.

Por outro lado, se você está com muita retenção de líquidos, isso se reflete no tamanho das mamas.

Mas geralmente são os Neurolépticos e não esses Antidepressivos que você escreveu, que aumentam a Prolactina.

Peça para tua ginecologista ou para teu Psiquiatra exames hormonais, pois é extremamente raro que esses Antidepressivos citados, como o Citalopram (Cittá, Procimax), Donaren (Trazodona) Serenata (Sertralina, Zoloft, Tolrest, Assert) e Cebrilin, (Paroxetina, Aropax, Paxil) CR aumentem a Prolactina.

 

Pergunta:

Não encontrei no site resposta específica para o meu caso: utilizei Zoloft por seis meses e depois Lexapro por mais sete meses.

Observei aumento de peso de cerca de sete quilos no período o que jamais havia me acontecido e muita dificuldade para emagrecer, pode ser em decorrência dos medicamentos?

Suspendi a medicação com autorização do médico em uma semana, tomando a metade da dose de 10 mg que estava tomando durante o tratamento.

Passei os dias seguintes extremamente ansiosa, no sétimo dia tive uma crise de fúria e após caí em choro convulsivo, como se tivessem tirado a tampa de uma panela de pressão.

Isto faz parte da abstinência? Sinto também cansaço e choques elétricos quando pisco os olhos.

Quanto tempo leva para passar estes sintomas? Hoje estou no nono dia e minha tolerância zero está agora em três ou quatro.

Resposta:

Zoloft (Serenata, Sertralina, Tolrest, Assert) e Lexapro (Escitalopram, Reconter, Esc, Exodus) não costumam dar ganho de peso. Sua família tem tendência a peso acima da tabela?

Desses sintomas que você descreveu os únicos que parecem ser abstinência são os choquinhos. Leia o item 1 da Página de Efeitos Colaterais de Medicamentos Psiquiátricos.

 

Pergunta:

Olá, gostaria de um esclarecimento sobre Antidepressivos, pois estou em tratamento há 5 anos. Tenho Depressão recorrente e não posso ficar sem medicação, porém tenho notado aumento de peso e uma dificuldade imensa em perder.

Tenho trocado de medicamento regularmente devido as crises que anualmente voltam. Estou usando o Lexapro e gostaria de saber se notaram aumento de peso, pois tive uma melhora significativa no meu estado geral, porém gostaria de voltar ao meu peso norma, isso tem afetado muito minha autoestima.

 

Pergunta:

A Psiquiatra que consultei me receitou Lexapro. Li em diversos sites relatos de pessoas que engordaram muito com pouco tempo de uso de Lexapro. A Psiquiatra me garantiu que tal remédio não engorda. Afinal de contas engorda ou não engorda? Definitivamente, para mim, gordura não traz felicidade.

Resposta:

Lexapro (Escitalopram, Exodus, Reconter) não costuma provocar ganho de peso. Leia o item 7 da Página de Efeitos Colaterais de Medicamentos Psiquiátricos.

 

Pergunta:

Gostaria de saber se há algum problema em ingerir concomitantemente a Sibutramina, o Arcalion (Sulbutiamina) e o Lexapro.

Resposta:

Desculpe, mas seu médico decide. Provavelmente não há problema.

 

Pergunta

Tomo diariamente um comprimido de Lexapro 10 mg há 11 meses. Tenho Transtorno de Ansiedade e uma Depressão leve. Há 35 anos adquiri Síndrome do Pânico que no momento está bem controlada.

Entretanto, apresento alguns sintomas que gostaria de saber se são de efeitos colaterais da medicação como por exemplo diminuição do retorno venoso dos membros inferiores, causando vertigens e tonturas ocasionais, leve angústia e/ou ansiedade ao deitar para dormir (não se trata de insônia).

Também gostaria da sua opinião sobre os efeitos colaterais a longo prazo do uso desta medicação, visto ser relativamente nova e o que o Sr. considera tratamentos a longo prazo com esta substância.

Desde já agradeço a atenção.

Resposta:

O problema de retorno venoso não deve ser do Lexapro (Escitalopram, Reconter, Esc, Exodus).

O problema de ansiedade ou angústia na verdade pode ser de dose baixa de Lexapro, que ainda não estaria controlando completamente a ansiedade que acabou te provocando o Pânico.

O Lexapro não é tão novo, existe há mais de 15 anos e até agora se mostrou muito seguro.

 

Pergunta:

Fui diagnosticada há 1 ano de Depressão moderada, acompanhada de Fobia Social e Pânico. Usei alguns medicamentos, atualmente tomo Venlafaxina 225 mg associada a Escitalopram (Lexapro).

Posso dizer que melhorei bastante, mas ainda continuo afastada das minhas atividades profissionais, por instabilidade de humor e atenção.

Estou inchada e continuo engordando gradativamente.

Pergunta: soube que a associação com o Topiramato poderia me emagrecer. Irei conversar com minha Psiquiatra, mas gostaria de opiniões de vocês.

Obrigada! Parabéns pelo site!

Resposta:

Bom, se você precisa de Venlafaxina (Efexor XR, Venlift OD, Alenthus XR) mais Lexapro não posso afirmar sem conhecer mais detalhes do teu caso.

Topamax (Topiramato, Arasid, Égide, Vidmax, Amato) realmente pode ajudar a perder peso. Mas converse com tua médica se precisa tanto remédio para uma Depressão moderada.

 

Pergunta:

Tomo o Antidepressivo Lexapro há 7 meses e notei que a minha imunidade caiu bastante. Essa relação procede?

Quem toma Antidepressivos tem a imunidade afetada? O que fazer então? Obrigada e parabéns pelo site de utilidade pública!

Resposta:

Não procede. Quem diminui a resistência é a Depressão, não o Antidepressivo.

 

Pergunta:

Dr. Rubens Pitliuk, tive uma dor crânio facial atípica, fui ao Neurologista, estava tomando Lexapro, ele tirou o Lexapro e me deu pra eu tomar Topiramato tive uma ótima melhorada dor facial, porque talvez estava sendo provocada pelo Lexapro, agora estou numa Depressão, pode ser a falta do mesmo?

Resposta:

Ambas as possibilidades: você pode estar precisando de um Antidepressivo (Lexapro ou outro) mas também pode estar com um efeito colateral raro, porém possível do Topamax (Topiramato, Arasid, Égide, Vidmax, Amato), que é um estado depressivo

 

Pergunta:

Olá, estou tomando Escitalopram há 5 meses para Fobia Social. Há duas semanas notei aparecimento de pequenas erupções de coloração vermelha nos braços e na barriga.

Pode ocorrer urticária administrando Escitalopram (Lexapro, Exodus)?

Resposta:

Poder pode, qualquer remédio pode provocar alergia, mas é muito improvável, ainda mais depois de tanto tempo.

Por outro lado, os Antidepressivos de Serotonina podem provocar fragilidade plaquetária e o paciente fica com manchinhas vermelhas na pele chamadas petéquias. Precisa ver se é o teu caso.

 

Pergunta:

Usei Lexapro 15 mg por mais ou menos 10 meses, fui diagnosticada com leve Depressão e Pânico após ter uma taquicardia supraventricular.

Meu médico parou de dar bola pra mim e eu senti que não precisava mais do Lexapro.

Parei de tomar há uns 18 dias e agora sinto uma inquietude e uma sensação de ansiedade no peito e as vezes dores.

Estou tendo uma recaída? Vai passar? Usava o Frontal 0.5 mg para crises e ontem tomei meio para dormir. Me ajude?

Resposta:

Bom dia. Depois de 18 dias, certamente não é mais abstinência, portanto pode ser que os sintomas que fizeram você precisar desses remédios estejam voltando.

 

Pergunta:

Gostaria de saber se pode tomar Bromazepan 6 mg junto com Escitalopram 10 mg. E qual o melhor horário para tomá-los. Grata!

Resposta:

Geralmente pode, mas é teu médico quem vai te aconselhar. O Escitalopram em geral pode ser tomado em qualquer horário, pois funciona mais de 24 horas.

O Bromazepan (Lexotan) já é mais específico, ele funciona umas 6 a 8 horas, portanto depende de qual é o objetivo (dormir melhor ou baixar a ansiedade).

 

Pergunta:

Por favor, venho tomando Escitalopram há uns seis meses e tenho resultados ótimos em relação ao meu quadro depressivo.

No entanto, pratico Triatlo em alta intensidade e estou sempre em busca de ótimos resultados no esporte, com treinos pesados, provas etc. Há uma dúvida que sempre me persegue: essa medicação poderia trazer alguma diminuição no meu desempenho? Ela - medicação - pode afetar de alguma forma o sucesso no esporte? Desde já agradeço a atenção.

Resposta:

Prejudicar o rendimento, provavelmente não. O Escitalopram (Lexapro, Exodus, Reconter, Sedopan, Serolex, Escilex) não costuma alterar nem a pressão nem os batimentos cardíacos. Mas você certamente tem um clínico especializado em esportes de alto rendimento, ele precisa saber o que você toma.