Tratamento com Tarja Preta

Tratamento com Tarja Preta

Pergunta:

Boa tarde. Gostaria de saber se há problema em tomar Insonox e Frontal. 

Resposta:

Insonox é Zolpidem (Stilnox, Lioram). Serve para induzir o sono. Frontal, dependendo da dose serve tanto para baixar a ansiedade quanto para aprofundar o sono.

Dependendo das doses e da frequência não teria problema em misturar os Zolpidem e Frontal, mas precisa ver se realmente precisa.

 

Pergunta:

Há muitos anos faço uso do Alprazolam 1 mg. De uns tempos pra cá, ao me deitar comecei a sentir um aceleramento ou uma ansiedade. Fui numa festa, dancei demais, fui deitar três horas da manhã, não tomei o Alprazolam nem senti nada acelerado e muito menos ansiedade. Comecei a achar que é o Alprazolam que não está me fazendo bem e parei de tomar.

Mas sinto uma abstinência, como arrotos, desanimada, (pratico treinos em academia, diários) e desde domingo passado estou usando Zolpidem.

Minha pressão arterial é normal 12/8, não fumo e não bebo. Isso que relatei para o sr, é uma consequência normal? Obrigada por me ouvir, aguardo uma resposta

Resposta:

Embora não seja bom tomar Alprazolam (Frontal, Apraz) anos em seguida, provavelmente não era ele que estava causando os sintomas de ansiedade na hora de dormir.

Procure um Psiquiatra para programar a retirada do Alprazolam sem sintomas de abstinência e cuidado para não entrar em outro abuso, de Zolpidem (Stilnox, Patz, Lioram).

 

Pergunta:

Qual a diferença entre Alprazolam 1 mg e Venlafaxina Efexor 75 mg?

Resposta:

São totalmente diferentes. Alprazolam é um Ansiolítico (Frontal, Apraz) e Venlafaxina é um Antidepressivo (Efexor, Venlift, Alenthus).

 

Pergunta:

Tomo Alprazolam 0,5 mg só para dormir.  Fluxtar SR 3 mg é mais forte e mais prejudicial que ele?

Resposta:

Fluxtar é Bromazepam (Lexotan). Alprazolam é Frontal ou Apraz. Ambos são ansiolíticos Benzodiazepínicos. Um não é nem mais forte nem mais prejudicial que o outro.

 

Pergunta:

Boa tarde Doutor Rubens Pitliuk! Faço o uso de Rivotril há 8 anos, tenho crise de ansiedade, tomo para dormir e relaxar, se não, eu não durmo. Só que final de semana tenho vontade de beber cerveja com meus amigos da Faculdade, já bebi, mas bebo pouco, pouco mesmo e só cerveja.

Minha pergunta é: se eu tomar a metade da metade do Rivotril pela manhã, posso passar mal de noite?

Até hoje nunca passei mal, só quero saber se posso tomar pela manhã e beber um pouco à noite.

P.S: tomo a metade da metade do comprimido Rivotril de 2mg

Resposta:

Se você nunca passou mal nem exagera na bebida, provavelmente não tem problema, pois o Rivotril administrado cedo praticamente não tem mais efeito à noite, mas quem pode te dizer com certeza é teu médico que receita o Rivotril.

 

Pergunta:

Preciso saber o que acontece quando o Rivotril 0,25 mg Sublingual foi deglutido diariamente por 40 dias. O que pode acontecer? Causa algum problema sério?

Isso aconteceu comigo e acabei sentido, várias coisas, mas os principais foram: fortes dores de cabeça e desconforto na deglutição.

Preciso tomar algum cuidado? Meu médico não me avisou que eu teria que usar Sublingual, descobri sozinha.

Resposta:

Nenhum problema. O efeito é exatamente o mesmo. Essas dores de cabeça e desconforto na deglutição não têm relação com a forma de tomar o Rivotril (Clonazepam).

 

Pergunta:

Em 10 dias tomando Rivotril 2 mg engordei 3 kg! Minha barriga está estufada, enorme, joguei o remédio fora! Estou impressionada, afinal dizem que Rivotril emagrece!

Passei a usar Olcadil 1 mg.

Resposta:

As pessoas podem ter efeitos colaterais raríssimos com qualquer remédio, mas esse efeito colateral de Rivotril de engordar 3 Kg em 10 dias, eu nunca vi...

Além disso, ele emagrece? A gente ouve falar maravilhas do Rivotril, mas que ele emagrece, é a primeira vez que ouço.

 

Pergunta:

Faço tratamento para Ansiedade, mas faz 6 meses que eu não retorno à médica, consegui com um Clínico Geral a mesma receita para tomar os mesmos medicamentos.

Gostaria de saber se eu posso voltar a tomar até que eu volte na consulta com médica. Estou perguntando por que estou começando a ficar ansiosa novamente, tomo Rivotril somente quando estou muito ansiosa e Exodus 10 mg durante o dia. Obrigado aguardo resposta.

Resposta:

Se seu Clínico Geral se sente à vontade para acompanhar um tratamento de Ansiedade, tudo bem, mas o ideal seria você ser acompanhada pelo especialista.

 

Pergunta:

Faço uso dos medicamentos Rivotril 0,5 mg/dia e Procimax 20 mg/dia, gostaria de saber se posso toma o Gingko Biloba, pois tenho labirintite e tontura 24 horas por dia?

Obrigada pela atenção

Resposta:

Geralmente o Gingko Biloba pode ser tomado junto com Rivotril e Procimax.

 

Pergunta:

Tomo Rivotril 2 mg dia sim dia não conforme orientação médica e comecei tomar Level (anticoncepcional). Há algum problema, pode um cortar o efeito do outro ou trazer problemas?

Resposta:

Não existe interação conhecida entre Rivotril e Anticoncepcional, ou seja, a pílula anticoncepcional teoricamente não perde o efeito por causa do Rivotril.

 

Pergunta:

Comecei com Rivotril Sublingual 0,25 mg. Fazia efeito no momento, mas percebia que tudo voltava após um período. Passei a tomar por conta própria à noite Rivotril de 1 mg.

Só assim consigo dormir e ter um dia mais calmo. Nunca consultei com Psiquiatra, mas continuo tomando até hoje. Já tem 1 ano e 3 meses de Rivotril. O que devo fazer? Procurar um médico ou seguir tomando? Estou fazendo aulas de direção e vou voltar a estudar. Pode me atrapalhar de alguma maneira?

Resposta:

Você não deveria estar tomando Rivotril sem orientação médica. Leia item 6 (uso contínuo) da página de Efeitos Colaterais.

 

Pergunta:

Estou tomando Alprazolam há 12 dias, em substituição ao Rivotril. Fiz a mudança gradual do remédio antigo para o atual, seguindo orientação médica.

Ocorre que, desde o primeiro dia que passei a tomar apenas o Alprazolam (0,5 mg de manhã e 0,5 mg à tarde), tenho tido sensação de cabeça vazia, parece que não estou aqui, que não pertenço a este mundo.

Estou apavorado com a ideia de esse efeito não passar. Posso esperar que isso passe? Em quanto tempo? Obrigado.

Resposta:

Não parece ser efeito colateral do Alprazolam (Frontal, Apraz). Não pode ser a Desrealização comum em quadros de Ansiedade?

 

Pergunta:

Tomo Rivotril 2 mg/dia, minha visão está ficando turva, noto que se reduzo a dosagem o peso no cérebro aumenta e a visão piora, o que fazer, este efeito visual é o que está me preocupando, se não alterasse a visão eu ficaria praticamente curado, me oriente, por favor, obrigado

Resposta:

Não é comum um efeito visual assim do Rivotril. Converse com seu médico sobre isto e/ou procure um oftalmologista.

Desculpe, mas preciso de uma orientação, sou usuário de Rivotril há anos. Atualmente tomo de 1 mg a 2 mg ao dia e quero acabar com isso na minha vida.

A minha pergunta é, tenho que passar por um processo de desintoxicação? Por quanto tempo em média? O motivo causador foi do trabalho, pois sou gerente de banco. Por favor, estas respostas irão me ajudar a tomar um caminho.

Resposta:

Fale com seu médico e não se preocupe. Essa quantidade você para facilmente em poucas semanas.

 

Pergunta:

Tomo Clonazepam há dois anos e dormia super bem há pouco tempo o médico resolveu tirar a medicação aos poucos mais agora não consigo mais dormir quero saber quanto tempo o organismo leva para voltar a dormir sem a medicação. Obrigado.

Resposta:

O Rivotril (Clonazepam) é eliminado do organismo em poucos dias.

 

Pergunta:

Eu tomo Nortriptilina 8 mg (o mesmo que Pamelor) e Clonazepam 0,3 mg (o mesmo que Rivotril) manipulados. São doses altas? Pretendo parar de tomar, minha médica disse que vai diminuir aos poucos.

Será que corro risco de sofrer abstinência quando parar totalmente?

Resposta:

São doses muito baixas que provavelmente não darão nenhum sintoma de abstinência.

 

Pergunta:

O meu médico me receitou o medicamento Frontal para a noite e o Cebrilin para o dia. Essa combinação (Tranquilizante mais Antidepressivo) é adequada?

Pois me parece contraditório já que o Tranquilizante poderia me induzir à Depressão. Estou equivocado?

Resposta:

No começo dos tratamentos de Ansiedade é comum associar um Benzodiazepínico ao Antidepressivo por dois motivos:

  • Evitar a Piora Inicial.

  • Aliviar o sofrimento do paciente com o Tranquilizante rapidamente porque o Antidepressivo pode demorar semanas para começar a funcionar.

E para um Ansiolítico provocar Depressão, precisa dose muito alta por muito tempo.

 

Pergunta:

Tive Síndrome do Pânico e tomei vários medicamentos Antidepressivos e Ansiolíticos. Quando engravidei no ano passado passei a tomar 0,25 mg de Frontal (Apraz, Alprazolam).

Faz 6 meses que ganhei o bebê e hoje não tomo medicamento nenhum e nem sinto falta, mas infelizmente estou 12 kg acima do meu peso e não consigo emagrecer.

O médico me receitou a Reductil 15 mg, então eu gostaria de saber se este medicamento não vai me causar Depressão novamente? Será que posso tomar ele de manhã e à noite o Alprazolam?

Resposta:

Karla, seu médico decide, mas Reductil ou Plenty (Sibutramina) não costuma provocar o aparecimento de Depressão nem de Síndrome do Pânico.

 

Pergunta:

Qual seria a vantagem de medicamentos como o Sonata, em relação aos Benzodiazepínicos já que estes tem mostrado pouca eficácia na qualidade do sono, pois, penso eu, já podem estar perdendo sua eficácia devido ao uso prolongado.

É claro que uma diminuição gradativa (desmame) destes medicamentos em caso de uma troca é considerada sob supervisão médica.

Resposta:

Sonata (zaleplon), como qualquer hipnótico também perderá o efeito com o tempo prolongado de uso.

 

Pergunta:

Quais são os sintomas da abstinência a anfetaminas e Benzodiazepínicos?

Resposta:

Dependendo das doses, do tempo de uso e de fatores individuais, os sintomas de abstinência podem ser:

  • Nenhum.

  • Ansiedade

  • Fissura

  • Depressão

  • Tremor

  • Sudorese

  • Taquicardia

  • Alucinações

  • Convulsões.

Não existe uma resposta que sirva para todos os casos.

 

Pergunta:

Se uma pessoa que nunca tomou sedativos ou drogas desse tipo, por uma determinada razão tomar Diazepam junto com Fenergan pode ter alucinações e confusões mentais, já que estes são um dos vários efeitos colaterais do Fenergan?

E se houver ingerido uma dose maior que seu organismo possa suportar, isso pode levar a ter alucinações e confusões mentais?

Resposta:

Se uma pessoa toma overdose de Fenergan e/ou Diazepam, o efeito mais provável é lentificação, fala pastosa, perda de reflexos e sonolência que pode até mesmo ir a coma, muito mais do que alucinações. Mas para ficar “dopado” desse jeito precisa de doses altas de ambos.

 

Pergunta:

Olá, tenho 44 anos e tomo Diazepam há pelo menos uns 10 anos (sem receita) e tenho percebido que este remédio está me fazendo mais mal do que bem, então o que preciso é: quero parar imediatamente de tomar Diazepam, já faz 18 dias que não tomo, mas sinto que estou mudando em alguns aspectos, como dor na nuca, insônia, nervoso.

Posso parar assim de imediato? Sem fazer a retirada gradual desta Droga? Pois já consegui 18 dias. Terei problemas futuros? Quanto tempo demora a desintoxicação? Agradeço.

Resposta:

Diazepam (Valium) como qualquer outro Benzodiazepínico não é para ser tomado a longo prazo. Se você parou há 18 dias, os piores sintomas de abstinência já passaram. Daqui para a frente provavelmente só irá melhorar.

 

Pergunta:

Benzodiazepínico tem contra indicação em paciente psiquiátrico?

Resposta:

Sim, se ele sofrer de Miastenia Grave, se houver risco de abuso ou dependência ou se houver alcoolismo

 

Pergunta:

Uso Lexotan faz uns 15 anos todos os dias, 6 mg pela manhã, médicos dizem que ele causa perda de memória, é verdade?

Resposta:

Sim, é verdade. O Lexotan (Bromazepam, Somalium, Fluxtar) e qualquer outro Benzodiazepínico podem prejudicar a memória com o uso contínuo. Por isso quando uma pessoa precisa tomar Ansiolíticos constantemente, o ideal é fazer yoga, meditação, Psicoterapia, etc.

Se mesmo assim houver necessidade de medicação para tratar a Ansiedade, seria melhor alguns Antidepressivos e alguns Neurolépticos.

 

Pergunta:

Boa noite, sou convulsiva e tomo o Fenobarbital toda noite. Sou muito ansiosa (até demais). Tomava Fluoxetina, mas me deixava mais ansiosa, agora meu Psiquiatra trocou para a fórmula Bromazepam com Paroxetina.

Tenho muita facilidade em engordar e muita dificuldade para emagrecer.

Gostaria de saber qual a diferença entre a Fluoxetina essa nova formula Bromazepam com Paroxetina?

Resposta:

Fluoxetina (Prozac, Verotina, Daforin), e Paroxetina (Aropax. Cebrilin, Paxil CR, Roxetina) são dois Antidepressivos diferentes, embora da mesma família.

A Paroxetina costuma ser mais Tranquilizante que a Fluoxetina.

Bromazepam é um Ansiolítico Benzodiazepínico, vendido com os nomes de Lexotan, Somalium e Fluxtar.

 

Pergunta:

Doutor Rubens Pitliuk; boa tarde! Faço uso há 12 anos de Bromazepam 3 mg/dia e não consigo mais parar. Não me adapto com Antidepressivos, pois fico altamente acelerado, hostil, a Ansiedade triplica e acabo aumentando a dose do Bromazepam para aguentar o tranco.

Paradoxal! Enfim, não consigo. A pergunta é: poderia substituir por outro mais fraco do tipo Olcadil e daí partir para o desmame ou tentar tomar 1/2 comprimido até dar a arrancada final.

Por favor, se puderem me auxiliar agradeço.

Resposta:

Bom dia e obrigado pela confiança. Consulte um Psiquiatra para retirar o Bromazepam (Lexotan, Somalium, Fluxtar).

Provavelmente ele fará isso com a ajuda de um Neuroléptico que controle a Ansiedade. Trocar um Benzodiazepínico por outro às vezes ajuda, mas nem sempre.

 

Pergunta:

Tenho uma clientes fazendo o uso concomitante do Olcadil e do Lexotan. Isso é apropriado? Me preocupo porque venho percebendo nela perdas funcionais (dificuldade pra dirigir, tropeços, falta de concentração...).

Será que o uso de dois Ansiolíticos ao mesmo tempo é adequado?

Na verdade gostaria de saber a relação custo x benefício desse tipo de interação medicamentosa.

Resposta:

A mistura de dois Benzodiazepínicos pode sim estar causando essas perdas funcionais. Existe uma potencialização mútua.